Marketing Digital

Aprenda a criar uma persona e eleve a qualidade de seu serviço

130views

Fazer seu negócio dar certo pode ficar ainda mais fácil com essa estratégia. Leia o artigo e saiba como!

Encontrar o comprador ideal e buscar por táticas que atinja melhor os objetivos de um cliente, assim como a solução de um problema, seja ele qual for, é um dos anseios de qualquer gestor. A Buyer persona ou persona como também é conhecida se trata de uma estratégia presente no marketing, à qual é feita por meio de uma representação do cliente ideal de uma empresa, através de um perfil fictício, baseado em dados reais sobre características importantes como seus desejos, comportamentos, motivações, preocupações e também outros aspectos.

Por meio dessa técnica, o empreendedor consegue definir um padrão mais personalizado de seus produtos ou serviço, além de fazer mais a diferença no mercado, pois ele foca mais naquilo que o cliente procura. Por isso que as suas chances de sucesso irão só multiplicar com esse método, pois dessa forma você conseguirá atingir o público certo e fazer que seja uma experiência inesquecível.

Diferença entre persona e público-alvo:

Antes de você aprender como criar uma persona é importante saber o que é público-alvo para não se confundir. A diferença é bem simples, enquanto o público alvo é atribuído por informações demográficas e socioeconômicas, além de abranger um maior número de pessoas que possam ser atingidas pelo produto ou serviço da empresa, a persona é algo mais humanizado, pois ela busca características mais pessoais e personalizadas, como sonhos e objetivos.  Veja o exemplo:

  • Público-alvo: Pessoas entre 18 a 25 anos, solteiras, ensino médio completo, que precisam de um trabalho e tem disponibilidade de horário.
  • Persona: Maria tem 30 anos, graduada em direito e trabalha na área há 10 anos. Casada e não tem filhos. Seu sonho é viajar para o exterior e ela busca uma agência de viagens que ofereça um pacote completo, que inclua desde hospedagem a passeios.

Entendeu a diferença? Os dois parecem ser semelhantes, mas não são. Principalmente, se você notar que no segundo exemplo, existe algumas características que fazem com que haja um perfil mais especifico desse possível comprador, enquanto no primeiro, a realidade de encontrar mais pessoas é ainda maior, devido ao fato que são características comuns e não detalhadas.

Como criar um avatar?

Para criar a persona você precisará descobrir algumas peculiaridades do seu cliente em potencial e para isso você pode usar como base algumas perguntas comuns, como por exemplo,nome fictício, idade, onde mora, onde trabalha, qual é a ocupação que exerce e escolaridade. No próximo passo deve conter questões mais pessoais como: quais as metas que ele possui, quais são os seus valores, o que ele gosta de fazer no dia a dia, qual é o seu sonho e como o seu negócio pode interferir positivamente na vida desse cliente?

Com base na resposta para esses questionamentos, você cria um avatar e pensa nas possíveis mudanças para atender as necessidades e objetivos dos seus consumidores que tenham esse perfil. Uma das vantagens é que você pode estar criando várias personas para identificar melhor o seu público e maneiras de como oferecer um serviço mais eficiente, mas cuidado para não exagerar e acabar perdendo o foco.

Você já tinha visto falar de persona? Se já, como você fez a sua? Deixe sua resposta nos comentários abaixo e compartilhe conosco sua experiência.

 

 

1 Comment

Leave a Response