EmpreendedorismoMarketing Digital

Como o Benchmarking pode ajudar minha empresa?

50views

Saiba como melhorar seu serviço e fazer a diferença no mercado usando as melhores estratégias da concorrência!

Para que uma empresa venha a ter um desempenho excelente e fazer sucesso, existe uma técnica conhecida como benchmarking, que é utilizada para encontrar as melhores referências para o comércio através de pesquisas e comparações entre as melhores empresas do ramo e ainda implantar práticas que se encaixe na realidade da empresa.

Essa ferramenta é para aqueles que buscam oportunidades de estarem sempre em movimento, seja para encontrarem soluções para seu negócio alavancar ou descobrirem novas práticas para colocá-las em andamento, levando em conta as limitações e as adequando em sua realidade. Quem tem o desejo de expandir seu negócio, deve levar em consideração que esse método, não deve ser usado apenas uma vez e sim frequentemente.

Essa estratégia proporciona para empresas uma nova visão de empreendimento por meio de um ponto de referência e faz com que elas conheçam fatos sobre si mesmas que poderão ser reaproveitados e trazer algo novo para o mercado.

Por onde começar?

Primeiro, comece escolhendo quais empresas serão analisadas. Inclua em suas análises e comparações, tanto grandes empresas, como empresas locais de sua cidade. Depois que já tiver isso em mente, reveja os pontos fortes e fracos de seu próprio negócio para em seguida, começar a ver o da concorrência.

Observe, o que seus concorrentes estão fazendo para apresentar seus produtos aos clientes, como é o site deles, quais estratégias usam e quais meios de comunicação eles investem mais. Se pergunte, o que as pessoas consideram como o diferencial de seu concorrente? Eles têm algum tratamento especial com os clientes? E qual a frequência que se comunicam com seu público?

Procure também reclamações ou elogios nas redes sociais e sites de seu concorrente. Não tem aquela famosa frase de Augusto Cury que diz: “Os inteligentes aprendem com os seus erros, uma pessoa sábia aprende com os erros dos outros”? Então,veja onde sua concorrência errou e imagine se fosse com você, o que faria para não cometer o mesmo erro? O que mudaria?

Ouça seus consumidores sobre os seus concorrentes e tome anotações no que deve fazer ou inovar. Após conseguir todas as respostas que ache relevante, comece a colocá-las em prática. Lembre-se, continue fazendo o que seus clientes consideram como o atrativo da empresa. Apenas mude aquilo que você identificou que apresentaria melhoras para o seu negócio ou aperfeiçoe o que já vem fazendo.

Os tipos de benchmarking que existem são:

  1. Benchmarking interno: quando há uma busca nas melhores práticas dentro da própria empresa, como melhorias nos departamentos e filiais.
  2. Benchmarking competitivo: procura analisar minuciosamente as práticas da concorrência e superá-las. É o tipo mais difícil, porque as empresas não costumam deixar os outros descobrirem seus segredos.
  3. Benchmarking funcional: busca comparar o processo de trabalho entre empresas de segmentos diferentes, por exemplo, técnicas sobre faturamento ou controle de estoques que possam ser colocados em prática.
  4. Benchmarking de cooperação: é feito uma parceria entre duas empresas e ambas compartilham informações e conhecimentos entre si.

Quais as vantagens que o benchmarking te oferece?

Ele é um processo essencial para quem busca melhorar o conhecimento de sua própria organização, aperfeiçoar práticas e processos que a empresa realiza, aprender com os melhores do mercado, busca aumento na produtividade, redução de custos, diminuir os erros, mais lucro e alcançar objetivos que acreditavam que eram impossíveis.

E você já conhecia esse método? Conte como foi sua experiência ou o que espera alcançar com essa estratégia!

Leave a Response