Tecnologia

Conheça o aplicativo para clonar WhatsApp pelo número

aplicativos
113views

Você sabia que existe um aplicativo para clonar WhatsApp pelo número do celular? Esse software é muito usado por pessoas que queiram monitorar o que está sendo dito no mensageiro de alguém, normalmente um namorado ou namorada.

É claro que esse tipo de atitude não é positiva, mas muitas pessoas não conseguem controlar o ciúme que sentem. Por isso, chegam a um acordo com o parceiro ou parceira para poder monitorar o que é dito no WhatsApp da pessoa, de modo a ficar mais tranquilo.

Para isso, no entanto, é necessário usar um aplicativo para clonar WhatsApp pelo número. Você sabe qual é ele? Quer descobrir? Então siga a leitura do artigo até o fim!

Como é o nome do aplicativo para clonar WhatsApp pelo número?

O aplicativo para clonar WhatsApp pelo número do celular é o WhatsAppSniffer. Ele é desenvolvido por uma empresa internacional e é distribuído gratuitamente. No entanto, ele é totalmente em inglês, o que faz com que seja mais complicado de usar.

Como ele funciona?

O WhatsAppSniffer entrega exatamente o que é prometido: ele consegue clonar WhatsApp apenas pelo número do celular. No entanto, ele precisa de outras condições para funcionar, o que faz com que o seu uso seja extremamente limitado.

O método de funcionamento do software é o seguinte: ele intercepta o sinal de Wi-Fi que o aparelho da vítima usa para trocar informações. Então, ele acessa aqueles dados e os envia para o seu aparelho, de modo que você também possa ver o que está sendo conversado no aplicativo da pessoa.

Para isso funcionar, existem alguns requisitos. O primeiro deles é que o hacker esteja na mesma conexão Wi-Fi que a vítima. Ou seja: se você pretende monitorar o WhatsApp da namorada ou do namorado, só conseguirá fazer isso enquanto estiver no mesmo lugar que ele e usando a mesma conexão Wi-Fi.

Isso significa que o monitoramento pode ser interrompido a qualquer momento, basta a pessoa passar a usar o 3G ou o 4G, por exemplo.

Além disso, momentos em que a pessoa estiver longe de casa, ela poderá ter qualquer tipo de conversa no WhatsApp, deletar todo o conteúdo antes de chegar em casa e o monitoramento seria totalmente incapaz de detectar essa atividade.

Existe uma alternativa melhor para clonar WhatsApp?

Sim, existe. Como deu para ver, o aplicativo para clonar WhatsApp pelo número não é tão eficaz assim. É verdade que ele funciona, mas o seu desempenho é limitado e não consegue garantir as informações que você precisa ou quer.

No entanto, existe uma alternativa muito interessante no mercado: o wSpy Pro. Esse programa é pago e desenvolvido por um time brasileiro, mas é capaz de clonar WhatsApp sem dificuldades.

O único requisito para que ele funcione é que seja instalado no aparelho celular de quem será monitorado (o processo é extremamente rápido, levando menos de 3 minutos para ser completado). Além disso, a pessoa deve usar um Android, já que o programa é incompatível com o iPhone.

Depois de instalado, o aplicativo ficará completamente oculto no celular, ficando totalmente imperceptível para o usuário. Ele não aparecerá no menu, não é possível abri-lo e ele não ativará nenhuma notificação.

Assim que começar a funcionar, o aplicativo vai capturar todas as conversas trocadas no WhatsApp e enviará para um servidor seguro. O hacker, por sua vez, poderá acessar todo o conteúdo a qualquer momento e de qualquer lugar. Para isso, basta entrar no site do programa, fazer login e analisar os dados.

Além do WhatsApp, o wSpy Pro ainda clona várias outras funções do celular onde foi instalado. Ele permite ter acesso ao GPS do aparelho (para saber onde a pessoa foi ou está agora), SMS, mensagens no Direct do Instagram, todas as teclas apertadas, todas as fotos tiradas e até mesmo o som ambiente de onde a pessoa está.

Isso permite que o monitoramento possa ser constante e completo, sem abrir espaço para informações perdidas ou “furos” na rede de observação.

Monitorar o celular de um cônjuge é legal?

Ao contrário do que possa parecer, existe sim a autorização legal para monitorar o celular de alguém, desde que sob consentimento da pessoa. Isso é o que diz a Lei 12.737, conhecida como lei Carolina Dieckmann.

No artigo 154-A da lei, está escrito que é proibido invadir dispositivo informático alheio “sem autorização expressa ou tácita do titular do dispositivo”.

A autorização tácita é aquela que não é necessariamente expressa por escrito, em um documento com firma reconhecida, mas sim aquela em que a pessoa diz para você que autoriza o monitoramento.

Portanto, existe um sistema legal que permite que o aplicativo para clonar WhatsApp pelo número ou as alternativas que são instaladas no celular sejam usadas para quem quer monitorar as conversas de cônjuges e conhecidos.

O que você achou do conteúdo? Gostou das informações existentes aqui? Comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!

Leave a Response